24/04/2011

Pondo um ponto final

Nossa escrevi faz tempo e estava guardado nos rascunhos, esse é um ponto final e definitivo de um romance falho, meu e de tantas outras garotas, algumas amigas em especial entram na lista, mas deixemo-os isso de lado.


Ponto final.

Ja ri com suas piadas
gargalhei com as palhaçadas
E chorei por ser deixada
Mais isso não importa

Quantas vezes me esqueceu?
quantas vezes acusou dizendo que fui eu?
Você foi meu amigo de verdade?
Ou queria apenas brincar de manipular a realidade?

Não importa o quanto eu diga
nada muda suas palavras
nada muda seus pensamentos
nada muda você

Não importa o quanto eu já tenha me queixado
quão isso tudo tenha me magoado
não vou mais chorar por ter me deixado
e muito menos ficar lembrando da decepção que isso causou.

Eu amei você de fato
mas passou
tudo dentro de mim mudou
e quem causou essa revolução foi você.

Meu peito agora aberto
ja não teme tantas decepções,
já não sente o punhal de maldade
ja acredita mais em ilusões

Levantar foi difícil,
Ninguém disse que seria fácil.
Mas agora que aprendia a cair, aprendi também me reerguer.
E o melhor de tudo isso... Não preciso mais de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário