24/01/2010

Um dia muito parado

Embora eu tenha acordado tarde (10:40 da manhã) no dia de hoje (domingo) senti meu dia totalmente vazio depois da minha breve ia ao mercado. Nada de novo me aconteceu, minha inspiração para escreverparece ter sumido derrepente e uma preguisa desconhecida instalou-se em meu intimo, sem permição e ainda convidou o tédio, para melhor ainda mais o meu dia.
Eu não sei como pode um dia ser tão vagaroso, pra minha sorte tenho ótimos amigos que sabem como quebrar a monotonia do meu dia. Agradeço a eles por existirem.
E acradeço por ele me darem ideias... Minha cabeça de vento começa a ter ideias para fic's ineditas e para as que já estão em andamento *o*. Será que vai ficar bom? o.ó espero que sim...

22/01/2010

Vestido de formatura

Paulista a 17 anos e ainda não havia ido na estação da Luz, vê se pode. O ponto turístico mais conhecido da capital do estado de São Paulo, e eu ainda não o conhecia por dentro, lastimável, de certa forma eu ainda não conheço, mais pude notar a mesmo que pelas portas e janelas, entre o vai e vem das pessoas uma arquitetura antiga, possuidora de detalhes mínimos, quase que invisiveis a olhos apressados e acostumados com o corre-corre de São paulo.

Descendo a rua da estação da Luz desembarque, chegamos ao Bom Retiro, o primeiro bairro que eu conheci com placa de boas vindas, o mais interessante, as ruas do Bom Retiro, pelo menos a principal e as suas próximas são praticamente todas voltadas para vestidos de formatura/gala, um mais lindo que o outro, porem como boa adolescente encanada que eu sou, nenhum me agradou e eu fiz minha avó -tadinha- subir e descer até a metade daquela rua duas vezes, atras de camisas, Jean, vestido, sapato e uma bolça - A que eu tenho pediu misericórdia - .

Foi legal ver o movimento das mulheres que subiam e desciam a rua atras de coisas indefinidas, ora camisa, ora vestido, ora sapato, ora comida, ora maquiagem, ora bolsa... Movimento naquela rua era o que não faltava.

Quanto ao meu vestido, depois de entrar em exatas 3 lojas e achar um verde lindo que não tinha na minha cor, mas ver um modelo que estava escondido fantástico me apaixonei, comprando-o sem muitas delongas, ele é simples, sem muitos detalhes, coisa que me agrada.

O que me desagradou e muito foram os preços, falam tanto do Bom Retiro e de seus preços baixos, acho que quem vai lá, nunca ouviu falar em Santo Amaro, mais próximo, e com preços muito mais em conta (já que as blusinhas não saem por mais de 10 reais e a blusinha mais barata que eu compre lá foi 9 reais, sendo a mais cara -sem estampa- uma de 29 reais.)

Mas apesar de tudo, adorei ter ido lá, e ainda por cima consegui dois chocotones, um pra mim -logico- e um pro meu primo, que adorou o suposto "presente".

20/01/2010

Minha casa alagou '---'

Por mais estranho que pareça, minha casa que fica no alto da ladeira alagou, '-' , como? Muito simples, as goteiras incessantes e uma parte da parede virou uma pequena cascata, onde a agua jorrava, se ele sai-se do chão, eu iria imaginar que tem uma mina d'água de baixo da casa, mas como é o contrario, continuarei na duvida de como a agua atravessa a telha...

Mas fazer o que? o jeito é tirar a agua e rezar pra hoje não ser pior....

E o melhor de tudo foi meu tio ter queimado o treco do pc ò_ó TO MACHA... Um dia fora de casa, e quando eu volto, o bonitinho não esta funcionando, poxa.. Ninguém Merece.

19/01/2010

Um começo para o meu Blog

Demorei semanas para pensar em um inicio para o meu blog. Já tive diários, a maioria deles fora esquecido em algum canto do meu quarto, coitados. O fato é, eu tenho que escrever o que eu penso, sem ser livros onde parte da minha realidade se mistura com a minha imaginação e pronto, lá se vem um conto, uma estória - tirei do fundo do baú, mas é estoria mesmo quando o fato não é veridico.- Vamos ao meu dia de hoje, e as minhas confusões.

As vezes acho muito chato ficar ao lado de minha família de verdade, não por ser realmente chato, mas por não estar acostumada ao seu modo de vida, não eu não moro sozinha - ainda - mas, moro com meus avós maternos, o que faz da minha vida, um pouco diferente da vida das maiorias das pessoas.

É difícil saber se você é o problema, ou se tem algo por tras das linhas - muito mal escritas por sinal.- as vezes é tudo tão confuso.

A sim, meu nome? Laís Regina Dias dos Santos - ufa - nome deveras grande para uma garota como eu, que normalmente prefiro a praticidade, ou seja meu nome normalmente aparece com Laís R. Dias - sim eu não gosto muito do Santos e adoro abreviar o Regina.- .

Como podem notar eu me percom em meus proprios pensamentos, não me apego muito a eles, acho que isso é de alguma forma, algo bom, uma vez que quando gritam, eu escuto mais não ficoo com aquilo por muito tempo na cabeça.
Espero que seja só por hoje. Se não for, mais tarde eu volto.

Bye Bye Kissus