04/01/2011

FIM

Você sumiu,
Desapareceu,
Eu me senti só
E tive tempo pra pensar

Medi cada um de nossos atos
Dos mais simples aos insensatos
Brinquei de matemática
Com uma formula acrobática

Distantes, eu não sei mais o que sinto
Separados, hoje eu vejo o abismo distinto
Nós o criamos,
Como aconteceu... eu não sei.

È difícil dizer-te adeus
Gosto da sua companhia
Mas ela já não me faz tão bem
Dela eu sou apenas mais uma refém

Sentirei falta de seus carinhos
Mas cansei dos nossos joguinhos
Eu preciso fugir, ir mais além
Não aguento mais todo o seu desdém

Eu mudei nesse meio tempo
Um dia você vai notar
Que a menina com quem você brincava
Está a desabrochar

Fogo de palha
Paixão de momento
Que definhou com o tempo
E agora dou-te adeus

Adeus aos beijos
Aos momentos picantes
A todos os instantes
A tudo que passei

Eu cansei
Fique farta
De todo o melodrama
Eu quero mesmo é ser feliz

Quero esquecer tudo que me diz
Quero poder ser livre
Quero ficar sem você

Sakura Ikari - 4 de janeiro de 2011

Primeiro poema do ano...

Nenhum comentário:

Postar um comentário