25/02/2010

Perguntar ofende?

Dês de quando, uma pergunta ou uma ideia que não carrega nome ou um xingo propriamente dito, pode ser parâmetro para alguém sub-julgar e de certo modo agredir outras pessoas?

É muito chato dialogar com pessoas, que tem o poder e a mania de estrelismo... O que fazer? Velhos hábitos no morrem, velhas manias de arrumar confusão também não.. Céus o que fazer? Como fazer? To morrendo de vontade de gritar e nem isso posso é triste.

Juro que vou tentar ao máximo manter a cama e agir como se aquilo fosse algo realmente justo e correto. Mas tentar vai ser o bastante? Ainda mais com os sorrisos falsos, e as conversas atravessadas... EU QUERO MORRER/Matar um.

PRECISO DE PACIENCIA....

Vamos ver o que o resto da noite me preparou...

Kissus

Sakura Ikari

Nenhum comentário:

Postar um comentário